O portal de notícias do Sul da Bahia

mai 16, 2017 | 9:39

Ministério Público da Bahia não funciona nesta terça-feira

Ministério Público da Bahia não funciona nesta terça-feira

O Ministério Público Estadual (MP-BA) não funcionará nesta terça (16). Os servidores do órgão irão paralisar as atividades em todo o estado para pressionar a Assembleia Legislativa a votar o Projeto de Lei 21.346/2015. O PL concede à Procuradoria-Geral de Justiça autonomia para gerir a carreira dos servidores e, de acordo com o sindicato da categoria, há dois anos aguarda para ser votado. Haverá concentração dos servidores na sede do MP, no CAB, às 8h30min, quando seguirão para a AL-BA às 9h.

mai 16, 2017 | 9:32

Vendas de Dia das Mães cresce após dois anos de queda

Vendas de Dia das Mães cresce após dois anos de queda

As vendas do comércio para o Dia das Mães voltaram a crescer após dois anos de queda, apontam levantamentos feitos por entidades do setor e divulgados nesta segunda-feira. De acordo com dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), a data comemorativa teve desempenho 1,6% maior em 2017, na comparação com o ano passado.Segunda data mais importante para o comércio, o Dia das Mães ofereceu notícias positivas para o comércio, já que, em 2016, havia apresentado queda de 4,6% e, em 2015, de 1,2%. De acordo com a análise da Boa Vista, os números confirmam a “tendência de recuperação das vendas do varejo em 2017, apesar de uma cautela maior por parte do consumidor”.

mai 16, 2017 | 9:00

STF vai julgar se Temer pode ser investigado

STF vai julgar se Temer pode ser investigado

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) vai decidir se o presidente da República pode ser investigado por fato cometido antes do exercício do mandato. O ministro Luiz Fux acelerou nesta segunda-feira, 15, o julgamento de uma ação proposta pelo PDT na qual a sigla contesta a “imunidade processual temporária” do chefe do Executivo federal. Com este argumento, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, não incluiu Michel Temer em pedidos de inquéritos contra autoridades com base nas delações da Odebrecht.O PDT ajuizou a ação no dia 10 deste mês. O PSOL já havia apresentado um agravo regimental (um tipo de recurso) contra o arquivamento das citações referentes a Temer em um inquérito aberto contra o senador Humberto Costa (PT-PE). Janot se manifestou sobre a representação, mas o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, ainda não decidiu sobre o...

mai 16, 2017 | 8:51

Câmara de Itabuna rejeita moção de congratulações ao juiz Sergio Moro

Câmara de Itabuna rejeita moção de congratulações ao juiz Sergio Moro

A Câmara de Vereadores de Itabuna rejeitou, hoje (15), uma moção de congratulações ao juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato. A proposta da moção, de autoria do vereador Júnior do Trator (PHS), obteve 13 votos favoráveis e 7 contrários, porém precisava de 14 a favor, correspondente a dois terços dos votos. Houve uma ausência na votação. Segundo Aldenes Meira (PCdoB), os sete vereadores contrários à proposta entenderam que juiz tem que ser neutro para julgar.  “Não cabe apoio de A ou de B nem moções”, disse Aldenes Meira. Outro questionamento dos colegas de Trator é que ele justificou a sugestão de congratulações afirmando que Moro representa a justiça ética. Jairo Araújo, colega de partido de Aldenes, disse acreditar que não existe razão para a moção de congratulações. No entendimento dele, Moro tem se posicionado, “claramente, pelo viés político-partidário”. E acrescentou. “Ele destoa do papel de um juiz, que deve ser neutro e falar apenas nos autos”. Para o vereador, a aprovação seria “reforçar a posição de Moro”, que, segundo Jairo, “tem se posicionado politicamente”....

mai 16, 2017 | 8:38

Lula é indiciado pela PF por corrupção passiva; defesa nega qualquer ato ilícito

Lula é indiciado pela PF por corrupção passiva; defesa nega qualquer ato ilícito

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi indiciado hoje (15) pela Polícia federal pelo crime de corrupção passiva por suposta participação na venda de uma medida provisória em inquérito oriundo da Operação Zelotes. Em nota, a defesa de Lula repudiou “toda e qualquer ilação” do envolvimento de Lula com atos e ilícitos e considerou que o indiciamento faz parte da “perseguição política” sofrida pelo ex-presidente. Para a PF, o ex-presidente e mais 12 pessoas, entre ex-ministros da gestão Lula e empresários, participaram de um esquema criminoso que resultou na edição da Medida Provisória 471, que estendeu incentivos fiscais a montadoras e fabricantes de veículos das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. De acordo com o relatório da PF que segue para análise do Ministério Público, que pode ou não oferecer denúncia à Justiça, lobistas representando as montadoras teriam repassado ao PT de forma ilícita cerca de R$ 6 milhões para que a MP fosse publicada. Os advogados de Lula, disseram, em nota, desconhecer o teto do indiciamento e afirmaram que o ex-presidente tem sido “submetido, nos últimos dois anos, a verdadeira devassa e nenhuma...