O portal de notícias do Sul da Bahia

fev 8, 2018 | 8:45

Comércio de Itabuna não funciona na segunda e terça de carnaval

Comércio de Itabuna não funciona na segunda e terça de carnaval

O comércio de Itabuna não abrirá na segunda e terça de Carnaval Oficial (dias 12 e 13). Lojas devem reabrir, normalmente, na Quarta-Feira de Cinzas (14), segundo determina a Convenção Coletiva de Trabalho. De acordo com o Sindicato dos Comerciários de Itabuna, as lojas do Shopping Jequitibá também não devem abrir nestes dois dias. A exceção, prevista na cláusula 29 da Convenção Coletiva de Trabalho, é para o segmento de supermercados. Estes abrirão todos os dias, mas fecharão na terça de carnaval (13).

fev 8, 2018 | 8:05

Ônibus circulam com reajuste de R$3,30, em Itabuna

Ônibus circulam com reajuste de R$3,30, em Itabuna

Os ônibus do transporte urbano de Itabuna circulam com a placa de reajuste (R$ 3,30) no para-brisa dianteiro, indo de encontro a decisão da Câmara de Vereadores de Itabuna, que derrubou o decreto 12.760 do prefeito Fernando Gomes, que autorizou o aumento no preço das passagens. Ontem (7), a Aetu – Associação das Empresas do Transporte Urbano, emitiu uma nota informando que manteria o reajuste a partir desta quinta feira (8). Em seguida, a Câmara de Vereadores distribuiu um boletim informativo reafirmando que o preço permaneceria o mesmo (R$ 2,85) e que as empresas que descumprirem a decisão estão sujeitas a perder as concessões das linhas. A queda de braço promete.

fev 8, 2018 | 7:59

‘Ainda não temos 308 votos’, admite Benito sobre reforma da Previdência

‘Ainda não temos 308 votos’, admite Benito sobre reforma da Previdência

Apesar do esforço empenhado pelo Planalto nos últimos 3o dias, é generalizada na base de Michel Temer a sensação de que não estão garantidos os 308 votos mínimos necessários (quorum qualificado) entre os 513 deputados federais para aprovação da reforma da Previdência Social proposta pelo presidente.Vice-lider do governo no Congresso, o baiano Benito Gama (PTB) admitiu em entrevista ao bahia.ba que “a guerra vai ser dura”, e que o Planalto ainda não tem segurança dentro da base.Mas o deputado tem confiança de que Temer conseguirá o apoio necessário em sua base.“Ainda não fechamos os 308 votos, mas estamos caminhando bem. Vamos conseguir aprovar em fevereiro. Ainda não temos tanta segurança assim hoje, mas acreditamos que vamos conseguir vencer essa guerra. O texto a ser votado será enxuto. Ganhando a votação em primeiro turno, a segunda passa com tranquilidade. Mas a guerra vai ser dura”.A votação está confirmada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para dia 20...

fev 8, 2018 | 7:42

MP apreende documentos e computadores na FICC

MP apreende documentos e computadores na FICC

A operação chamada Máscara Vip, do Ministério Público Estadual, sob o comando do promotor público Inocêncio Carvalho, culminou na apreensão de todos os documentos relacionados ao carnaval antecipado de Itabuna, este ano, e cerca de dez computadores.Segundo apurou o Blog iPolítica, as máquinas dos departamentos de licitação, contabilidade, financeiro, jurídico, administração, presidência e até do pedagógico foram levados. Todos os contratos de bandas, de licitação e com empresas diretamente ligadas ao carnaval, também foram apreendidos. A operação foi finalizada no início da tarde desta quarta-feira, 7.  

fev 8, 2018 | 7:27

TJ-BA nega liminar contra exclusividade de venda de cerveja

TJ-BA nega liminar contra exclusividade de venda de cerveja

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) por meio da 5ª Vara da Fazenda Pública, não concedeu a medida liminar referente a uma ação popular movida pelo vereador José Trindade (PSL), que solicitava a autorização da venda de qualquer marca de cerveja nos circuitos do Carnaval e, nas demais festas que ocorrem na cidade.De acordo com o documento enviado à Justiça, o vereador seria contra a determinação da prefeitura de Salvador de exclusividade na comercialização de bebidas que fazem parte da marca Ambev, como a Skol.Segundo Trindade, o processo foi movido levando em conta os princípios de defesa do consumidor e da livre concorrência.“Na realidade, entendemos que a exclusividade na venda de uma só marca de bebidas infringe o código de defesa do consumidor, quando não permite que em uma via pública o consumidor possa escolher uma marca que ele deseja”, relatou o vereador. Ele ainda ressaltou que não é contra o patrocínio, mas que não estaria de acordo com a exclusividade da escolha da...