O portal de notícias do Sul da Bahia

jul 6, 2018 | 8:33

IBGE: 95% das cidades com transporte por ônibus não têm acessibilidade

IBGE: 95% das cidades com transporte por ônibus não têm acessibilidade

Pelo menos 95% das cidades baianas onde há ônibus municipais não estão de acordo com as determinações da Lei da Acessibilidade. Pelo menos até o ano passado não estavam.O estudo foi feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) e divulgado nesta quinta-feira (5), integrando a Pesquisa de Informações Básicas Municipais (Munic), referente ao ano de 2017.Conforme a pesquisa, das 120 cidades baianas onde há ônibus municipais, apenas cinco informaram em 2017 que toda a frota de ônibus era adaptada: Feira de Santana, Irecê, Itabuna, Jacobina e Maragogipe.Outras 36, incluindo Salvador, tinham a frota parcialmente adaptada e 79 não tinham nenhum veículo com acessibilidade.

jul 6, 2018 | 8:19

Morre em Itabuna radialista Vily Modesto

Morre em Itabuna radialista Vily Modesto

Morreu na noite desta quinta-feira (4), aos 78 anos, em Itabuna, vítima de infarto, o radialista Vily Modesto. O corpo será velado no SAF. Desde então, o sul da Bahia vive o luto de um dos mais renomados comunicadores da região. Ele também era publicitário e chefiou a sucursal do jornal A Tarde durante 29 anos.Vily começou a carreira no rádio em 1967, tendo passado pelos rádios Clube, Difusora e Jornal. Respeitado, foi além do âmbito da comunicação e presidiu a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Itabuna.

jul 6, 2018 | 8:04

Servidores reclamam de atraso de salário em Itabuna

Servidores reclamam de atraso de salário em Itabuna

Ocupantes de cargos comissionados e trabalhadores temporários da Prefeitura de Itabuna se queixam que o pagamento referente ao mês de maio de uma parte dos colegas ainda não foi feito pelo município. Os trabalhadores denunciam que, nos últimos meses, o “lote do descaso”, vem sendo pago com mais de 30 dias de atraso. O problema atinge até quem é do quadro efetivo, segundo os denunciantes.De acordo com os servidores, os constantes atrasos de salário atingem principalmente quem é lotado nas secretarias de Administração, Transporte, Governo e Assistência Social. Eles afirmam que, para evitar que colegas passem fome, quem tem salário um pouco maior e até servidores do quadro efetivo têm feito vaquinhas para ajudar na feira dos mais necessitados.Os mais revoltados são os servidores lotados na Secretaria de Assistência Social. Eles se queixam que, enquanto estão com salários atrasados, a titular da pasta, a primeira dama de Itabuna, Sandra Neilma, faz turismo nos Estados Unidos. “Não temos nada com a vida particular dos nossos superiores, mas é uma grande falta de sensibilidade neste momento em que parte dos nossos colegas ainda não recebeu salário de maio....

jul 6, 2018 | 7:53

Centro de Canoagem de Itacaré foi inaugurado, mas operários até agora não receberam salário

Centro de Canoagem de Itacaré foi inaugurado, mas operários até agora não receberam salário

Os operários que trabalharam na construção do Centro de Treinamento de Canoagem de Itacaré, inaugurado ontem (4), denunciam que a obra foi entregue sem que a construtora pagasse os três meses de salários. São mais de 10 trabalhadores, entre marceneiros, carpinteiros, eletricistas e pedreiros, que concluíram a obra, mas não receberam um salário sequer.Os operários foram contratados pela empresa Saneando Projetos de Engenharia e Consultoria Ltda. “Sempre mandam a gente ir ao banco, que depositaram o dinheiro. Chega lá, não tem nada”, denuncia uma das vítimas. “A situação em Ubaitaba é igual. O povo tá comendo só jabá com farinha [por causa do atraso de salário]“.O Centro de Treinamento de Canoagem foi inaugurado ontem (4) com a presença de autoridades municipais e estaduais. Anunciado, o governador Rui Costa não compareceu devido a outros compromissos da agenda.A Saneando Projetos de Engenharia e Consultoria venceu a licitação para construir os centros de treinamento de canoagem de Itacaré, Ubaitaba e Ubatã, por R$ 3.073.137,23. O site não conseguiu contato com a...

jul 6, 2018 | 7:44

Mulheres são prefeitas em 11,9% das cidades brasileiras

Mulheres são prefeitas em 11,9% das cidades brasileiras

Enquanto 4.908 homens administram cidades no Brasil, apenas 662 mulheres têm a mesma função – e a participação delas caiu em 2017. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, que divulgou hoje (5) o Perfil dos Municípios Brasileiros.Em 2017, ano em que novos gestores municipais tomaram posse, 88,1% dos prefeitos do Brasil eram homens, e 11,9%, mulheres. O percentual da participação feminina era maior em 2013, quando atingiu 12,1%.Entre as regiões brasileiras, o Nordeste tem a maior presença de prefeitas, que governam 16,3% de seus municípios. Em 2013, o percentual era de 16,5%.No Norte do Brasil, 14,7% das cidades eram administradas por prefeitas em 2017, um aumento em relação a 2013, quando havia 12,7%. Nesse dado, o estado de Roraima se destaca com 33,3% de mulheres prefeitas.Os menores percentuais estão no Sul (8%) e no Sudeste (8,8%). No Centro-Oeste, 13,3% dos municípios têm mulheres à frente de sua gestão.O Espírito Santo é o estado do Brasil onde as mulheres estão menos presentes nas prefeituras, ocupando apenas 5,1% das vagas. No Rio Grande do Sul, as mulheres governavam 6,8% das cidades em 2017.A pesquisa mostra que, em...