O portal de notícias do Sul da Bahia

jan 3, 2019 | 8:11

Wádson Santos assume apresentação do programa O Crime Não Compensa

Wádson Santos assume apresentação do programa O Crime Não Compensa

O jornalista Wadson Santos é o novo apresentador do Programa O Crime não Compensa, da Rádio Difusora Sul da Bahia. Wadson assumiu o programa hoje. O Crime não Compensa vai ao das 16h às 18h, de segunda a sexta-feira.Wadson está na Difusora há dez anos, na área de reportagem e cobertura dos bastidores da política grapiúna. “Estou honrado com o convite e vou realizar a missão. Não chego para substituir. Chego para conquistar meu espaço. Vou tentar colocar em prática tudo o que eu aprendi”, disse ele.Wadson Santos já apresentava o programa Boletim 640, nas manhãs de sábado. Questionado sobre as novidades da programação, ele afirma que O Crime não Compensa já tem um formato consolidado. “Espero manter o formato e imprimir, aos poucos, a minha cara no programa”. Até a semana passada, O Crime não Compensa era apresentado por Oziel Aragão, que partiu para a Interativa FM.Wadson é bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Unime Itabuna e já é um nome consolidado no Rádio AM em Itabuna, atuando nas reportagens policial e política, além do jornalismo...

jan 3, 2019 | 7:54

Bahia vacina mais de 93% da segunda etapa da campanha contra a aftosa

Bahia vacina mais de 93% da segunda etapa da campanha contra a aftosa

Bahia vacinou contra febre aftosa, durante os meses de novembro e dezembro de 2018, cerca de 2,8 milhões de cabeças de bovinos e bubalinos de até dois anos de idade, ultrapassando o percentual exigido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). No total, 93,49 % do rebanho no estado foram vacinados e declarados.Os proprietários que não vacinaram o rebanho durante o período da campanha e não fizeram a declaração na Agência de Defesa Agropecuária (Adab) precisam procurar o órgão para solicitar a atualização dos procedimentos que deverão ser adotados.A vacinação garante para a Bahia o reconhecimento internacional como livre de aftosa, com vacinação, desde 2001. A meta é se tornar livre desta doença, sem vacinação, em 2021 — compromisso assumido com o Mapa em cumprimento ao Plano Estratégico 2017 – 2026 para Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre...

jan 3, 2019 | 7:42

Bolsonaro se reúne com ministros nesta quinta

Bolsonaro se reúne com ministros nesta quinta

Pela primeira vez desde que tomou posse, o presidente Jair Bolsonaro se reúne nesta quinta-feira (3), a partir das 9h, com o Conselho de Ministros, no Palácio do Planalto. Os 22 ministros devem comparecer. A reunião ministerial ocorre logo após toda a equipe anunciar as prioridades e indicar as ações de suas áreas. Dias antes de assumir o governo, Bolsonaro avisou que a intenção é definir atos que desburocratizem e melhorem a qualidade de vida dos cidadãos.O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que o objetivo da reunião é discutir as primeiras medidas que devem ser implementadas. Para ele, é fundamental haver um “pacto político” entre governo e oposição. “Teremos bons ouvidos para aqueles que se opõem ao nosso governo”, disse o ministro, informando que as “disputas ideológicas podem e devem ser travadas”.Para o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno, a proposta de reforma da Previdência apresentada na gestão Michel Temer deve ser reavaliada.O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que concentrará suas ações em quatro pilares: abertura da economia, simplificação de impostos,...

jan 3, 2019 | 7:29

Estado anuncia regulamentação de auxílio-transporte para PMs e bombeiros

Estado anuncia regulamentação de auxílio-transporte para PMs e bombeiros

Com o fim do cartão de gratuidade para policiais militares e civis nos ônibus, o governo do Estado informou nesta quarta-feira (2) que publicará um decreto para regulamentar o pagamento de auxílio-transporte para policiais militares e bombeiros militares.Segundo o governo, 33 mil militares vão receber o benefício, na capital e no interior, o que vai gerar um custo anual de R$ 65 milhões.Ainda de acordo com o Estado, o pagamento do auxílio referente ao mês de janeiro será feito na próxima semana.O decreto será publicado nesta quinta-feira (3), no Diário Oficial do Estado, para alterar a Lei nº 7.990, de 27 de dezembro de 2001.Em nota divulgada nesta quarta, o Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sindpoc) pediu ao governo que estabelecesse um diálogo com a Integra, associação das empresas de ônibus Salvador, para reverter o fim da gratuidade para a categoria no transporte público.“Se o governo do Estado quiser negociar, estamos abertos. Eles estavam cientes desde o dia 14 de dezembro e não tomaram nenhuma providência”, declarou ao bahia.ba César Nunes, coordenador do setor de gratuidades da...

jan 3, 2019 | 7:24

Oito cidades da região registraram aumento de homicídios

Oito cidades da região registraram aumento de homicídios

2018 não foi fácil para a 6ª Coorpin. com sede em Itabuna. As cidades que são de atuação da coordenadoria tiveram um grande aumento nos casos de homicídios, proveniente da guerra das facções oriundas de Itabuna Raio A e Dmp. As cidades que aumentaram os homicídios em 2018 foram: Barro Preto (o maior aumento de todas na região), 175%, pulando de 4 homicídios em 2017, para 11 em 2018. Camacan, aumento de 23,5%, de 17 homicídios em 2017 para 21 em 2018. Buerarema, aumento de 42,9%, de 7 mortes em 2017 para 10 em 2018. Coaraci e Ibicaraí tiveram um aumento igual de 12,5%, de 8 mortes em 2017, para 9 em 2018. Já São José da Vitória teve o aumento de 50%, passando de 4 execuções em 2017, para 6 em 2018. Pau Brasil teve um aumento de 25%, de 4 assassinatos para 5 em 2018. Arataca teve um aumento de 44,5%, tendo registrado 9 mortos em 2017 e 13 em 2018. Na contramão, três cidades da região, comandadas pela 6ª Coorpin, reduziram os homicídios, são elas: Itajuípe percentual de 53,4%, tendo registrado 15 mortes em 2017 e 7 assassinatos em 2018. Mascote, redução de 46,2%, de 13 homicídios em 2017 para 7 mortes em 2018. E a última a reduzir os homicídios foi...