O portal de notícias do Sul da Bahia

nov 7, 2018 | 7:14

Sem nova proposta, professores de Itabuna continuam em greve

Sem nova proposta, professores de Itabuna continuam em greve

  A greve da rede municipal de ensino de Itabuna já ultrapassa o segundo mês e a falta de qualquer sinalização de proposta de reajuste salarial por parte do Prefeito Fernando Gomes fez com que os professores decidissem nesta terça-feira (6), em assembleia, pela manutenção do movimento grevista. Além da luta pelo reajuste salarial de 6,81%, a classe exige o pagamento imediato do salário dos professores em situação de desvio de função. A assembleia contou com participação expressiva da categoria, que está inconformada com a postura do Prefeito, que afirmou à imprensa local e à Diretoria do Sindicato que o décimo terceiro salário somente seria pago no mês de novembro, caso a greve fosse extinta. De acordo com a Presidente do Sindicato do Magistério – Simpi, Professora Carminha Oliveira, essa postura em relação ao pagamento do décimo é descabida, já que a legislação garante o pagamento da gratificação natalina nos meses de novembro e dezembro ou no mês de aniversário do professor. A greve completa 65 dias e cerca de 18 mil alunos continuam sem aula na...

nov 6, 2018 | 7:16

Assembleia decide rumo da greve dos professores em Itabuna

Assembleia decide rumo da greve dos professores em Itabuna

Em greve desde o dia 03 de setembro, os professores da rede municipal de Itabuna decidirão em assembleia nesta terça-feira (6), às 14 horas, se a paralisação continua ou não. O governo interrompeu as negociações de reajuste dia 17 de outubro, quando a proposta era elevar os salários em 2,8%.Mas, agora, a oferta é de antecipar a segunda parcela do décimo terceiro para novembro. A primeira parte sai no mês de aniversário de cada educador. Portanto, confirma o SIMPI (Sindicato do Magistério Público de Itabuna), a maioria já recebeu metade do benefício.Segundo a presidente da entidade, Carminha Oliveira, a única proposta a ser avaliada pela categoria é essa relativa ao décimo. “O ofício cita novembro, mas sem uma data específica. Nenhuma proposta foi apresentada mais para o sindicato”, ressalva.A dúvida que embala pais e alunos é até quando se estenderá reposição das aulas, uma vez que serão computados os dias desta greve, as paralisações anteriores, o período sem aulas durante a greve dos caminhoneiros e aqueles em que as escolas não funcionaram enquanto a Câmara apreciava a mudança no regime dos servidores...

nov 5, 2018 | 7:33

Itabuna está sem aulas há 60 dias

Itabuna está sem aulas há 60 dias

Os alunos municipais já estão há 60 dias sem ter aula em Itabuna, onde o prefeito Fernando Gomes mandou a secretaria de Educação cortar qualquer negociação com o sindicado dos professores. Eles estão em greve para receber salários atrasados e ter aumento.Os professores querem o reajuste de 6,81% determinado pelo Ministério da Educação e o pagamento dos salários de 130 educadores em desvio de função. A prefeitura alega que está “falida” e não pode pagar o reajuste, apesar de gastar, por exemplo, R$ 200 mil em papelaria para a secretaria.Nesta quinta a Prefeitura resolveu fazer uma proposta. Ela promete antecipar o pagamento do 13º dos professores e quitar os salários dos grevistas caso eles encerrem a greve. O sindicato ainda não foi comunicado oficialmente.

out 25, 2018 | 7:38

Aulas em Itabuna podem ultrapassar o Carnaval; greve de professores continua

Aulas em Itabuna podem ultrapassar o Carnaval; greve de professores continua

A greve dos professores em Itabuna chegou hoje a 51 dias e, pelas contas do sindicato da categoria, a reposição de aulas deve arrastar-se até após o Carnaval, quando o movimento for encerrado. Segundo a presidente do SIMPI, Carminha Oliveira, um segundo ofício foi encaminhado à Prefeitura, pedindo negociação direta com o prefeito Fernando Gomes.As referidas negociações foram suspensas no último dia 17 e um primeiro pedido para conversar com o gestor foi feito dia 18. “Um dos temas que queremos que o governo assegure é um calendário unificado; as unidades não podem ter três ou quatro calendários internos. É preciso definir um prazo de retorno com o encerramento da greve”, afirma a professora/sindicalista, referindo-se a escolas em que alguns profissionais comparecem durante a paralisação.Ela lembra que além dos dias que durar a greve, serão computados aqueles sem aula durante a greve dos caminhoneiros, outras paralisações anteriores e as datas em que os educadores foram à Câmara, para discutir a proposta de mudança de regime dos servidores. “Mas esperamos que o prefeito sente com a categoria e negocie...

out 18, 2018 | 7:57

Fernando Gomes desautoriza secretária de educação a negociar fim da greve dos professores

Fernando Gomes desautoriza secretária de educação a negociar fim da greve dos professores

A Diretoria do Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna – Simpi, recebeu nesta quarta, 17, um novo ofício da Secretária de Educação, Nilmecy Gonçalves, informando que as rodadas de negociação estão suspensas e que não está mais autorizada a negociar qualquer reajuste salarial com o órgão, uma vez que a categoria rejeitou a proposta de reajuste 2,8% apresentada anteriormente pelo Governo.Na comunicação, a Secretária afirmou também que estará saindo das negociações e que aguardará um posicionamento do Prefeito acerca da greve da categoria. “Estamos saindo, circunstancialmente, das negociações e ficamos no aguardo das decisões e/ou novas deliberações do Chefe do Poder Executivo Municipal (Prefeito Fernando Gomes), quando elas forem devidamente outorgadas e autorizadas”, afirma o ofício enviado pela Secretária Nilmecy Gonçalves.Ainda nesta quarta, a categoria de professores se reuniu em assembleia para tomar conhecimento da comunicação enviada pelo governo e se posicionar sobre a nova proposta apresentada pela consultoria jurídica do SIMPI, Dr. Tadeu Cincurá, no valor de 6,81%, parcelado em 2...

set 26, 2018 | 7:41

Greve de professores continua em Itabuna

Greve de professores continua em Itabuna

Em assembleia realizada na manhã desta terça-feira (25), os professores da rede municipal de Itabuna, no sul da Bahia, decidiram manter a greve, que completa 22 dias. Segundo informações do Secretaria de Educação, as atividades estão suspensas em 98 escolas, com 18.179 estudantes sem aulas. Os professores reivindicam 6,81% de reajuste para docentes de nível II e III, são contra a mudança do regime trabalhista, que é a CLT, para um regimento estatutário próprio, e exigem o pagamento de salários atrasados para professores em desvio de função. A Secretaria de Educação da cidade informou que uma proposta de aumento de 2,8% nos salários dos professores foi encaminhada para a categoria. O reajuste seria dividido em duas vezes. A primeira parcela seria de 1,4% retroativo a abril e mais 1,4% a serem pagos esse mês. Segundo o Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna (Simpi), a proposta da Secretaria de Educação de Itabuna foi rejeitada por todos os professores presentes na assembleia. Ainda conforme o Simpi, a mudança do regime de trabalho acarretaria em perda de direitos trabalhistas. Com relação aos salários...

set 24, 2018 | 8:39

Professores de Itabuna decidem rumo da greve na terça; governo oferece 2,8% de reajuste

Professores de Itabuna decidem rumo da greve na terça; governo oferece 2,8% de reajuste

Os professores da rede municipal de ensino de Itabuna decidem na terça-feira (25) se aceitam a proposta de reajuste salarial apresentada nesta sexta-feira (21) pela secretária de Educação, Nilmecy Gonçalves. Foi oferecido aos profissionais da educação o mesmo percentual dado aos demais funcionários públicos.De acordo com Nilmecy Gonçalves, o município só tem condições de conceder aumento de 2,8%, parcelado em duas vezes, sendo 1,4% retroativo ao mês de abril e 1,4% a ser aplicado no salário de setembro. “Temos uma folha de R$ 6 milhões, enquanto recebemos apenas R$ 5 milhões do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Esse reajuste é o máximo que podemos conceder”, alegou.A presidente do Sindicato do Magistério de Itabuna (Simpi), Maria do Cardo de Oliveira, a Carminha Oliveira, informou que a entidade defende o reajuste de 6,81%, conforme determinação do Ministério da Educação (MEC), mas que levará a proposta para ser debatida em assembleia.A sindicalista ressaltou que a greve dos professores não é apenas por reajuste salarial,...

set 19, 2018 | 8:16

Greve de professores chega a 13 dias e negociação só no fim da semana

Greve de professores chega a 13 dias e negociação só no fim da semana

Os alunos da rede pública municipal de Itabuna chegam à terceira semana sem aulas, mas a primeira rodada de negociação entre o Executivo e os professores só acontecerá na próxima sexta-feira (21), às 10 horas. Segundo a presidente do SIMPI (Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna), Carminha Oliveira, é inadmissível que não haja incentivo aos educadores que buscaram aperfeiçoamento através da formação continuada.Ela lembra que o município só concedeu aumento de 6,81% aos 125 professores que têm apenas a formação em magistério e estão no final da carreira. Então, a cobrança é que o mesmo reajuste seja oferecido aos docentes dos níveis II e III, cuja diferença salarial em relação aos do primeiro patamar é irrisória.Além do reajuste, o movimento exige o pagamento de professores em desvio de função, que estão com a remuneração pendente desde agosto. Em número de 157, são aqueles que saíram da sala de aula devido a problemas de saúde e foram aproveitados em outras funções.Outra inquietação dos professores em greve é a aprovação de decreto municipal 13.036/2018, que revoga um anterior...

Após nova assembleia, professores decidem manter a greve em Itabuna

A categoria de professores da rede municipal de ensino de Itabuna se reuniu na tarde desta quarta, 12/09, na sede do Sindicato do Magistério – SIMPI, em uma nova assembleia e decidiu pela manutenção do movimento grevista, que entrou hoje em seu décimo dia. A classe reivindica o pagamento imediato dos salários em atraso de 157 professores em desvio de função, o reajuste salarial de 6,81% aos educadores de níveis II e III, bem como a retirada do projeto de lei que pretende alterar o regime jurídico de trabalho dos servidores de celetista para estatutário.De acordo com a Presidente do SIMPI, Profa. Carminha Oliveira, a diretoria sindical encaminhou ofício à Secretária de Educação, Profa. Nilmecy Gonçalves solicitando reabertura da mesa de negociações com o governo, de modo que as partes pudessem discutir propostas, entretanto, a Secretária informou indisponibilidade na agenda durante esta semana. “Nós tentamos propor um diálogo, mas infelizmente o governo não priorizou nossa greve. Infelizmente as escolas continuarão sem funcionar até que o Governo nos apresente alguma proposta”, afirma Carminha Oliveira.Atualmente,...

set 12, 2018 | 8:00

Greve de professores completa uma semana sem solução

Greve de professores completa uma semana sem solução

A greve dos professores da rede municipal de Itabuna, chegou a uma semana nesta segunda-feira (10). Os professores reivindicam aumento de 6,81% nos salários para docentes de nível I e II e a não aprovação de um projeto de mudança do regime trabalhista. Atualmente, os contratos são regidos pela CLT, e um projeto da prefeitura prevê um novo regime estatutário. Ao G1, o sindicato da categoria (Simpi) informou que as atividades estão suspensas em 96 escolas, o que afeta 17 mil estudantes. Os docentes cobram ainda o pagamento de salários atrasados para professores em desvio de função. Em nota, a secretaria de Educação local informou que respeita a decisão da categoria, mas que, mesmo sem aulas, as escolas permanecerão abertas, “exceto nas situações em que diretores e vice-diretores estejam sujeitos à uma condição de vulnerabilidade e de violência”. A prefeitura disse ainda que a secretaria “não se furta dos debates, das escutas das...

set 4, 2018 | 7:50

Greve deixa quase 17 mil alunos sem aula em Itabuna

Greve deixa quase 17 mil alunos sem aula em Itabuna

Os professores da rede municipal de Itabuna iniciaram hoje uma greve por tempo indeterminado, conforme decidiram em assembleia na semana passada. O movimento deixa 98 escolas e quase 17 mil alunos sem aula.A categoria reivindica 6,81% de reajuste para os educadores de níveis II e III, pagamento de salários atrasados daqueles em desvio de função, além de se posicionar contra a mudança no regime jurídico de servidores de celetista para estatutário.O tema, inclusive, continua à espera de apreciação da Câmara de Vereadores.

set 3, 2018 | 8:29

Professores de Itabuna iniciam nesta segunda, greve por tempo indeterminado

Professores de Itabuna iniciam nesta segunda, greve por tempo indeterminado

Os professores da rede municipal de ensino de Itabuna iniciam hoje,3, greve por tempo indeterminado. A categoria adotou o movimento grevista como forma de pressionar o Governo a retirar da pauta da Câmara Municipal o projeto de lei nº 015/2018, que visa alterar o regime jurídico de trabalho dos servidores de celetista para estatutário, bem como reivindicar outras situações, como atrasos e reajuste salarial.De acordo com a Presidente do SIMPI, Profa. Maria do Carmo Oliveira (Carminha) há dois meses que os sindicatos de toda municipalidade estão unidos e mobilizados contra a implantação do regime estatutário, mas infelizmente o prefeito não tem atendido ao clamor dos servidores. “Tivemos uma reunião com mediação do Ministério Público Estadual, fizemos alguns pedidos, como uma audiência pública com a superintendência da Caixa Econômica para tratar da individualização do nosso fundo de garantia, mas nenhum de nossos pedidos foi atendido”, afirma a sindicalista.Além da luta contra a implantação do regime estatutário, os profissionais da educação se solidarizaram aos professores que se encontram em desvio de...

ago 31, 2018 | 7:40

Greve de professores a partir de segunda

Greve de professores a partir de segunda

Os professores da rede municipal de ensino de Itabuna se reuniram em assembleia, na manhã de quarta-feira (29), no auditório do Sindicato do Magistério (Simpi) e decretaram greve por tempo indeterminado, que deverá ser iniciada a partir de segunda, dia 3 de setembro.A categoria adotou o movimento grevista como forma de pressionar o governo a retirar da pauta da Câmara Municipal o projeto de lei nº 015/2018, que visa alterar o regime jurídico de trabalho dos servidores de celetista para estatutário, bem como reivindicar outras situações, como atrasos e reajuste salarial.De acordo com a presidente do Simpi, professora Maria do Carmo Oliveira (Carminha), há dois meses que os sindicatos de toda municipalidade estão unidos e mobilizados contra a implantação do regime estatutário, mas infelizmente o prefeito não tem atendido ao clamor dos servidores.

ago 7, 2018 | 7:18

Servidores de Itabuna dão prazo para deflagrar greve geral

Servidores de Itabuna dão prazo para deflagrar greve geral

Os servidores de Itabuna aprovaram estado de greve, na tarde desta segunda-feira (6), durante assembleia realizada no pátio da Câmara de Vereadores. Os trabalhadores deram até quinta-feira (9) para que a Prefeitura de Itabuna pague salários atrasados, férias vencidas e regularize o fornecimento do vale-transporte. Os funcionários municipais informaram que, caso as revindicações não sejam atendidas, uma greve por tempo indeterminado será iniciada a partir de sexta-feira (10). Os servidores também cobram a implantação do Plano de Cargos e Carreira e Salários e querem o recuo da Prefeitura com relação ao projeto de lei que altera o regime jurídico da categoria, em tramitação na Câmara de Vereadores.De acordo com os trabalhadores, há necessidade de mudanças no projeto para evitar prejuízos ao...

jul 25, 2018 | 7:28

Funcionários da Upa do Monte Cristo anunciam greve

Funcionários da Upa do Monte Cristo anunciam greve

  Funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (Upa 24h) do Monte Cristo, em Itabuna, decidiram entrar em greve, por tempo indeterminado, a partir da próxima segunda-feira (3). Os funcionários aprovaram a deflagração da greve durante assembleia realizada no auditório do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna (Sintesi). Eles cobram o pagamento do salário de junho e deram prazo até sexta (27), para que o Instituto Bom Jesus quite a pendência. A Upa do Monte Cristo tem cerca de 70 funcionários, de acordo com o Sintesi. “A empresa já tirou o lanche dos funcionários devido ao débito com fornecedores. A crise na unidade também é de responsabilidade do município por não cumprir o contrato com a empresa prestadora do serviço. Entretanto, acreditamos que o novo secretário de saúde poderá normalizar a situação”, informou a diretoria do Sintesi por meio de nota. Os sindicalistas informaram que haverá uma reunião, no próximo dia 7 de agosto, no Ministério Público do Trabalho entre representantes dos trabalhadores, a empresa e a Secretaria de Saúde de Itabuna. O objetivo é a assinatura de Termo de...