O portal de notícias do Sul da Bahia

Mais de 50% dos consumidores devem presentear os pais este ano

ago 3, 2017

Embora os brasileiros ainda estejam sensíveis aos efeitos da recessão e do desemprego, o percentual de pessoas que devem ir ás compras no Dia dos Pais é maior neste ano do que em 2016. Um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais revela que 57% dos brasileiros têm a intenção de comprar presentes na data, o que representa um contingente aproximado de 86,1 milhões de consumidores. Os que não manifestaram a intenção de comprar presentes somam 41% da amostra e os que ainda não sabem são 2%. No ano passado, o percentual de brasileiros que presentearam os pais foi de 49%, segundo a pesquisa.

Os dados do estudo sugerem cautela do brasileiro na hora de ir às compras, já que a maior parcela dos entrevistados que irão presentear (38%) pretende gastar o mesmo valor desembolsado em 2016 e 26% planejam até mesmo diminuir os gastos. De acordo com a sondagem, apenas 13% dos consumidores planejam gastar mais do que há um ano. “Como a maior parte dos brasileiros não deverá ampliar seus gastos, cabe aos varejistas compreender as limitações financeiras dos consumidores a fim de estimulá-los às compras. O consumidor está cauteloso para consumir e é importante oferecer opções de menor custo para presentear nas datas comemorativas”, afirma o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

Entre aqueles que planejam gastar menos, as principais razões são o orçamento apertado (43%), a intenção de economizar (35%) e o cenário instável da economia do país (31%), que acaba afetando a confiança do consumidor em comprometer a renda com a aquisição de presentes. Há ainda 20% de pessoas que têm outras prioridades financeiras e 10% que tiveram redução salarial. Entre os que vão gastar mais neste ano, 59% pensam comprar um presente melhor, mas 45% acham que vão desembolsar mais porque os presentes encareceram de um ano para o outro.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>