O portal de notícias do Sul da Bahia

TCU julga hoje empresa acusada de pagar propina a Temer

mai 16, 2018

A Pérola, do Grupo Rodrimar, empresa suspeita de pagar propina ao presidente Michel Temer (MDB), será julgada hoje (16) pelo TCU (Tribunal de Contas da União). De acordo com a Folha, o relator do caso, o ministro do TCU Bruno Dantas, vai propor em plenário que o Ministério dos Transportes apresente ao tribunal, em cinco dias úteis, as alternativas para a exploração da área com a saída da Rodrimar.Técnicos com acesso ao caso afirmam que a decisão foi tomada porque o governo Temer mudou de posição e descumpriu uma determinação do TCU que exige a licitação do terminal desde 2013. Para o tribunal, a área vem sendo explorada ilicitamente.Em maio de 2017, Dantas cobrou uma data da Secretaria de Portos para a licitação. Descobriu que o governo tinha decidido prorrogar o arrendamento e que a licitação só sairá em fevereiro de 2019.A Pérola teve seu primeiro contrato assinado com a Codesp (Companhia de Docas do Estado de São Paulo) em 1988. O prazo venceu em 1993 e, segundo o TCU, a empresa continuou operando até 1999. Só naquele ano foi assinado um novo contrato —feito sem licitação— que expirou em 2014.Segundo o TCU, também houve irregularidades nessa renovação.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>